Nossa Senhora D’Oropa

Santas Missões Populares

Nossa Comunidade Nossa Senhora D’Oropa, por ocasião das Santas Missões Populares, pesquisou sua história: fatos relevantes e nomes de pessoas que se destacaram por suas ações em benefício de todos.
Todo o trabalho aqui apresentado foi fruto de dedicação e pesquisa de nossos missionários.

Agradecemos e que Deus continue iluminando seus caminhos para que possam continuar produzindo frutos para o Reino de Deus.

A Nossa História

A Comunidade do Jardim Europa, da Paróquia Sagrada Família começou quando a Sra. Maria José procurou o Padre José Roberto, então pároco, expressando seu desejo de conhecer melhor a Bíblia. O padre solicitou ao casal Aristides e Maria José que convidassem a comunidade para a formação de um “Circulo Bíblico” para compartilhar a Palavra de Deus.

Após três meses de reuniões na casa de Aristides e Maria José, o Círculo Bíblico passou a acontecer  alternadamente nas casas dos participantes do bairro.

Um ano depois, com a chegada do Padre Juvercí Pontes na Paróquia, a evangelização foi intensificada por meio de livros de reflexão da Palavra, cedidos pela Diocese de Jundiaí.

A partir de então, a Sra. Maria José sugeriu, além dos Círculos Bíblicos e os Encontros de Reflexão, que fossem organizadas Missas nas casas dos moradores da comunidade.

D'Oropa 3  D'Oropa 2

A primeira Missa foi celebrada pelo Padre Juvercí, na residência do casal Marcio e Marcia, no dia 18 de outubro de 2008, sábado, às 18 horas.

Nesse  dia, houve a presença de convidados da Paróquia Cristo Rei, da cidade de Salto. Ocorreu ainda uma fervorosa procissão pelas ruas do bairro, acompanhada da imagem de Nossa Senhora d’Oropa e de muitos fiéis.

Motivados pela visita dessa imagem, foi decidido nomear a Comunidade com o este título de Maria: “Nossa Senhora d’Oropa”.

D'Oropa 0 D'Oropa 1

D'Oropa 4

Das missas regulares nas casas dos moradores da Comunidade toda segunda  terça-feira do mês, passou-se para o salão gentilmente cedido pelo casal Jorge e Júlia na quarta terça-feira. E no início de 2012, com a chegada no Padre José Carlos, às 10 horas, domingo, na casa da Sra. Maria dos Reis.

Enquanto ainda se celebrava nessa residência, em 2012, a Comunidade ganhou a imagem da Padroeira do Sr. Cazemiro. Ele a trouxe da Itália, da Basílica de Nossa Senhora d’Oropa, quando para lá viajou.  
 
Nesses anos, foram organizadas no bairro, com muito sucesso, duas festas com quermesse.

No ano de 2015, celebrou-se um tríduo seguido de Missa Campal e procissão pelas ruas do bairro.

                        NSDoropa_101739173 NSDoropa_101459192

Por decisão do Conselho da Comunidade, desde 7 de junho de 2015, as Missas passaram a ser realizadas no salão do Sr. Carlos, situado à Rua João Garcia Andrade, 340, aos domingos às 10 horas.

NSDoropa_204010760 NSDoropa_204455965

O sonho da construção de um Templo para a Comunidade

O sonho da Comunidade sempre foi ter um belo templo no Jardim Europa para suas Celebrações. Mas nesse bairro, as poucas áreas disponíveis estavam muito caras. Na época do paroquiato do Pe. Juverci, um casal, que o ajudava na administração da paróquia, sugeriu a compra de uma área no bairro vizinho: Jardim Penha de França. Mas como a situação de todo o loteamento não estava totalmente regularizada, a compra não foi aprovada. Os anos se passaram, a Comunidade se fortaleceu, mas sem um local próprio para suas celebrações.  

No ano de 2013 uma área no Jardim Europa encantou o pároco Pe. Venilton. Chegou-se a celebrar missa no lugar e, daquela data em diante, convocou-se a Comunidade para que, pela intercessão de Nossa Senhora d’Oropa, os fiéis rezassem intensamente para que tudo se resolvesse conforme a vontade de Deus. O Fundo de Ajuda Interparoquial – FAIP cedeu R$ 72.500,00 para a compra da área. Também foi arrecadado 17 mil reais, com carnês de colaboração mensal do povo (10 meses de 30 reais). Porém, quando se foi fechar o negócio, descobriu-se que também aquela área não estava regularizada.

Em setembro de 2014, começou-se a procurar uma área no Jardim Penha de França que, embora ainda não estivesse regularizado, na época apresentava mais garantias. Quando se estava para comprar dois lotes, a situação do Jardim Europa melhorou e ficou-se em um impasse. Foi diante dessa situação que o mesmo casal que tinha ajudado o Pe. Juverci no passado, resolveu doar dois  lotes para a Comunidade, na condição de que servissem exclusivamente para a construção de igreja. Os lotes mais baratos custavam na época 80 mil reais. Portanto, a doação não tinha sido menor que 160 mil reais. O mais bonito é que o casal pedia anonimato. Dessa forma a sua generosidade ficou ainda mais edificante. Deus, por intercessão de Nossa Senhora d’Oropa, há de recompensá-lo, como também a seus filhos e netos, muito mais do que a comunidade conseguiria. Que tenham muita felicidade e paz nesta vida e um dia a vida eterna!
 
Os dois lotes foram uma grande benção de Deus, mas diante da população enorme que estava se formando no Jardim Penha de França, somada à do Jardim Europa, percebeu que o a área ainda era insuficiente. Assim, com muita ousadia foi adquirido mais um lote. E depois, um quarto lote, sempre com a ajuda do FAIP. A Comunidade Santa Isabel também tem ajudado no pagamento das prestações desses lotes.

O próximo passo será a construção de um salão e depois, se Deus quiser, o templo tão sonhado para Nossa Senhora d’Oropa.

Pessoas que contribuíram com a formação da Comunidade

Sra. Maria José Pinheiro Faustino, conhecida como Zélia, é casada com Sr. Marcelo de Campos, tem dois filhos e são moradores do bairro Jardim Europa. A Sra. Maria José era uma estudiosa de Bíblia. Ela pertencia a outra religião e, sentindo um forte desejo, resolveu ir a uma Missa Católica. Então, ela convidou sua vizinha Sra. Marcia para  participar da celebração na Igreja Santa Isabel, Paróquia Sagrada Família. A Missa foi celebrada pelo Padre e Pároco José Roberto.

Nesta mesma semana, a Sra. Maria José teve uma longa conversa e confissão com Padre José Roberto e resolveu adotar a Igreja e a Religião Católica como definitiva. A Sra. Maria José, foi catequista por mais de 10 anos.

Sr. Aristides Vicente, casado com a Sra. Maria José dos Santos, tem quatro filhos e doze netos e residem no bairro Cidade Nova. Toda a família, antes mesmo de participarem da Comunidade Nossa Senhora d’Oropa, já participavam da Comunidade Santa Isabel desde a década de 90.

A pedido da Sra. Maria José Faustino, a Sra. Marcia convidou o Sr. Aristides a participar do Circulo Bíblico, recém criado na Comunidade. O Sr. Aristides aceitou prontamente ao convite.

O Sr. Aristides e, sua esposa, a Sra. Maria José muito colaboraram na formação de novos Circulo Bíblicos e  hoje eles continuam atuando na Comunidade nas reuniões do Conselho e são coordenadores do Grupo de Rua do bairro.

Sra. Maria dos Reis, casada com Sr. Cícero, participa da Comunidade desde 2009 e atuou nas Pastorais do Batismo e dos Enfermos. Hoje, a Sra. Maria dos Reis continua atuante nas decisões referentes a Comunidade. Na casa dessa família celebrou-se muito tempo.

Nossa Senhora d’Oropa

Ao Nordeste de Biella, província do Piomonte na Itália, encontra-se o Santuário de Nossa Senhora d’Oropa. Trata-se de um dos mais antigos locais de peregrinação do ocidente, como indicado em uma pedra que esta fixada na Basílica, datada do ano de  369.

NSDoropa_210334515
Imagem de Nossa Senhora D’Oropa, doação do Sr. Casemiro

A imagem de Nossa Senhora D’Oropa é de cor negra. Sabe-se que, segundo uma antiga tradição, a imagem foi levada por Santo Eusébio da Terra Santa para o vale d’Oropa.

Galeria de Fotos

« 1 de 13 »

Marco Inicial 06.11.2016 – Instalação da Cruz

« 1 de 2 »