Sacramentos

Nossa Paróquia faz todo o possível para que os que buscam os sacramentos consigam recebê-los e vivenciá-los.

BATISMO

Para as crianças até 7 anos de idade, o responsável pela criança deve ir à secretaria da paróquia, com os documentos: certidão de nascimento original, certidão de matrimônio original dos pais, certidão de matrimônio original dos padrinhos, certidão original de crisma dos padrinhos. Quando os pais ou padrinhos são solteiros ou amasiados ou ainda exista algum problema, a secretaria encaminha a situação para o pároco, que fará o possível para atender a solicitação. A preparação é feita da seguinte forma: depois da inscrição na secretaria, a criança deve ser apresentada na comunidade onde os pais participam ou residem. Em seguida, os pais e padrinhos recebem uma catequese na Igreja, com outras famílias e uma catequese em casa, ministrada por um catequista. Por último a criança recebe o Batismo na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui, geralmente no terceiro domingo do mês, às 11h30. Para as crianças entre 8 e 13 anos de idade: o responsável pela criança deve ir à secretaria da paróquia e inscrevê-la na catequese de Primeira Comunhão que o preparará também para o Batismo, que será ministrado no período de catequese. Levar os documentos conforme acima, comprovante de residência e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. Neste caso, o Batismo acontecerá em celebração na Comunidade onde a criança recebeu as catequeses, juntamente com outras crianças na mesma situação. Para os adolescentes entre 13 e 18 anos de idade: o responsável pelo adolescente ou o próprio adolescente, deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Crisma, que o preparará também para o Batismo que será ministrado no período de catequese. Levar a certidão de nascimento ou RG do adolescente, nome dos padrinhos e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. Neste caso, o Batismo acontecerá em celebração na Comunidade onde o adolescente recebeu as catequeses, juntamente com outros na mesma situação. Para as pessoas com 18 anos ou mais: deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Adultos, que o preparará para receber os sacramentos do Batismo, Primeira Comunhão e Crisma. Levar a certidão de nascimento ou RG, nome do padrinho para os de sexo masculino e da madrinha para os de sexo feminino e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. O Batismo acontecerá em celebração na Comunidade onde o adulto recebeu as catequeses, juntamente com outros na mesma situação ou em celebração comunitária.

PRIMEIRA COMUNHÃO

Para as crianças entre 8 e 13 anos de idade: o responsável pela criança deve ir à secretaria da paróquia e inscrevê-la na catequese de Primeira Comunhão, levando os documentos: certidão de nascimento ou RG da criança, certidão de batismo, comprovante de residência e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. A Celebração de Primeira Comunhão se dará na mesma comunidade em que a criança recebeu as catequeses. Para os adolescentes entre 13 e 18 anos de idade: o responsável pelo adolescente ou o próprio adolescente, deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Crisma que o preparará também para a Primeira Comunhão. Levar os documentos: certidão de nascimento ou RG do adolescente, nome do padrinho para os de sexo masculino e da madrinha para os de sexo feminino e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. A Primeira Comunhão se dará no mesmo dia da Crisma, na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui. Para as pessoas com 18 anos ou mais: deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Adultos, que o preparará para receber tanto a Primeira Comunhão quanto a Crisma (e o Batismo, se for o caso). Levar os documentos: certidão de nascimento ou RG, nome do padrinho para os de sexo masculino e da madrinha para os de sexo feminino e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. A Primeira Comunhão se dará no mesmo dia da Crisma, na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui.

CRISMA

Para os adolescentes entre 13 e 18 anos de idade: o responsável pelo adolescente ou o próprio adolescente, deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Crisma que, se for o caso, o preparará também para o Batismo e a Primeira Comunhão. Levar os documentos: certidão de nascimento ou RG do adolescente, nome do padrinho para os de sexo masculino e da madrinha para os de sexo feminino e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. A Crisma se dará na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui. Para as pessoas com 18 anos ou mais: deve ir à secretaria da paróquia para inscrição na Catequese de Adultos, que o preparará para receber Crisma que, se for o caso, o prepara também para o Batismo e a Primeira Comunhão. Levar os documentos: certidão de nascimento ou RG, nome do padrinho para os de sexo masculino e da madrinha para os de sexo feminino e taxa de vinte reais para aquisição do livro de catequese e outros gastos. A Crisma se dará na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui.

MATRIMÔNIO

Os casais que desejam se casar devem ir à secretaria da paróquia para marcar uma data para seu Matrimônio com pelo menos três meses de antecedência, levando os documentos: certidões de Batismo (batistério) original e atualizado (para atualizá-lo é preciso levar o antigo à paróquia onde se foi batizou. Tem validade por seis meses), certificado de Preparação de Noivos que poderá ser feito em qualquer paróquia, RG original do casal, proclamas do Cartório para a Igreja original, certidão de casamento civil original, comprovante de endereço do casal e dados de um casal de padrinhos (os nomes completos, os endereços, os estados civis e as idades). As Celebrações do Matrimônio são realizadas na igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, que fica dentro do Complexo Pirapitingui. Matrimônio individual: quando o casal opta pela celebração individual, ou seja, somente o casal e seus convidados, paga-se uma taxa de um salário mínimo e mais um calção de 200 reais que é devolvido depois da celebração quando o casal não foge das normas combinadas. A decoração, a música e as fotos são por conta do casal. Matrimônio comunitário: quando o casal opta pela celebração comunitária, caso indicado para os que já coabitam, a celebração reúne diversos casais e seus convidados. Nesse caso não há taxa, e os gastos com decoração e música são partilhados entre os casais. Nos meses de maio e novembro, para a celebração comunitária pedimos que haja preocupação com roupas e flores. Nos meses de fevereiro e agosto, ao contrário, pedimos que não haja preocupação com roupas e flores, devendo a celebração ser a mais simples possível, para que os casais não tenham nenhum tipo de gasto. Os casais amasiados (que já coabitam) não precisam fazer a tradicional Preparação para os Noivos, mas são convidados para uma reunião onde são passadas informações sobre o sacramento.

CONFISSÃO

Uma ou mais vezes por ano, são realizadas Celebrações Penitenciais quando se reúne a Comunidade para ouvir a Palavra de Deus, pedir perdão juntos e ainda atender as Confissões individuais. Mas, durante à semana, os dois padres estão à disposição para confissões individuais, na Secretaria da Paróquia, Comunidade Santa Isabel. O Vigário Paroquial atende às quartas-feiras, das 14 às 18 horas. O Pároco atende às sextas-feiras, das 14 às 18 horas. Os dois padres atendem aos sábados, das 9 às 12 horas. Situações especiais podem ser agendadas na secretaria ou diretamente com os padres.

UNÇÃO

Na Unção dos Enfermos o Vigário Paroquial dá assistência aos enfermos e muito idosos da paróquia, juntamente com uma equipe de leigos e leigas. Quando por algum motivo uma pessoa realmente não puder ir, ou ser levada, até a Igreja é precisar a visita do padre para Confissão ou Unção dos Enfermos, ligar para secretaria e fornecer nome e endereço e o padre irá até a pessoa.

ORDEM

Os rapazes que se sentem chamados a serem padres devem procurar o Pároco ou o Vigário Paroquial, que pedirá um engajamento maior na comunidade onde participa e lhe proporá um acompanhamento vocacional que acontece mensalmente na diocese. Rapazes e moças que se sentem chamados à Vida Consagrada também devem procurar o clero que irá orientar como proceder.